Projeto social de Laerte Mateus é exemplo de generosidade a ser seguido
27/08/2019 15:37 em Novidades

Artigo da Redação da Rádio PCN

Foto: facebook/Laerte Mateus

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Para quem imagina que o jovem Laerte Mateus iniciou sua vida filantrópica agora, está redondamente enganado. Para muitos que veem o moço de 43 anos de idade agindo de forma hilária e brincalhona nas redes sociais, nem se dão conta de que ele conduz com muita maestria um projeto de magnífica importância – o Complemento Alimentar. Muitas das vezes, só quem é abarcado por esta iniciativa, ou quem já passou por algum momento de extrema necessidade na vida, sabe a real importância disso.   

Laerte – ou Letinho - como é conhecido pelo grande público - começou com esse tino pelo social aos 14 anos. No bairro Alvorada, zona leste da cidade de Arcos, ele, em tenra idade, já ensinava pintura para as crianças de sua comunidade. E depois das aulas, oferecia lanches para os alunos.

Sete anos mais tarde, ele criou o projeto Complemento Alimentar e o Projeto Estudantil, isso já na cidade de Jaguariúna/SP. Ao interceder junto aos seus colegas universitários, doava cestas básicas e materiais para famílias carentes.

Já de volta à terrinha, depois de rodar o mundo, a vontade de ajudar o próximo manifestou novamente, e continuou com o seu foco na doação de cestas básicas e leite para famílias carentes do município de Arcos. À redação da Rádio PCN, Laerte contou que está criando ainda um leque de ajuda, que abrange medicamentos, consultas e exames. “Estou tentando fazer meu papel, mesmo sabendo que esse tipo de trabalho é um dever do Estado. O que faço nada mais é do está previsto no artigo 6° dos Direitos Sociais - direito à saúde, alimentação, educação, moradia e assistência social. Mesmo que esse ‘Estado’ não faça seu papel, a constituição nos permite fazer, ajudando os mais necessitados”, justificou.

O Projeto Complemento Alimentar de Letinho começou a transpor as barreiras territoriais. Ele tem tentado levar um alento a algumas pessoas de cidades vizinhas, tanto com o apoio direto, ou como conscientização para que outras pessoas façam o mesmo.

Em Arcos, aproximadamente 150 famílias, segundo a contabilidade do próprio benfeitor, foram atendidas até o momento. E mais 07 em outros municípios.

Selecionar quem irá receber essa ajuda - é um pouco complicado - de acordo com Laerte. “Eu uso a ordem do primeiro pedido feito diretamente a mim, e depois as indicações de terceiros. Sempre levo a ajuda pessoalmente, certifico da real necessidade da família, e se o apoio deve ser perene ou ocasional. Existem os casos emergenciais que, dentro das minhas possibilidades, eu mesmo compro e levo para a família necessitada.”.

Apoio

Laerte Mateus tem quatro amigos que o ajudam, mensalmente, com duas cestas básicas. E muitos outros que o ajuda com leite, exames e consultas, sempre que solicita. “Eu começo as campanhas doando do meu próprio bolso. Infelizmente, meus recursos são poucos, e não dá para ajudar todos que eu gostaria. Mas, faço meu papel, empenho ao máximo, dentro das minhas limitações”.

A generosidade pode ser apontada como um princípio que deve nortear o coração de todo aquele que foi atingido pela graça de Deus, ou seja, é a virtude daquele que se dispõe a sacrificar os próprios interesses em benefício de outrem. Revela-se na ação, não em função de um mandato, de uma lei, de um interesse..., mas unicamente de acordo com os impulsos do amor, da solidariedade.

Se você é generoso, receberá muitas bênçãos em sua vida; se ainda não é, comece a ser hoje. O trabalho social de Laerte Mateus é um exemplo a ser seguido!

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!